Uma noite no Piazzolla Tango em Buenos Aires

Voltar
Autor: Alexandre Bertolazi Categoria: Conteúdo de Marca, Turismo Tags: Argentina, Buenos Aires, casa de tango, Galeria Guemes, piazzolla tango, tango

Tempo de Leitura: 5 min

Tudo começou quando a Kellen resolveu incluir um show de tango como passeio opcional na Excursão Réveillon Buenos Aires 2018, lá pelo meio de agosto de 2017. Depois de muito pesquisar e orçar, ela acabou escolhendo o Piazzolla Tango. A renomada casa fica na calle Florida, no centro de Buenos Aires, e carrega consigo a responsabilidade de levar o nome de um dos maiores expoentes do tango argentino depois de Gardel: o maestro Astor Piazzolla.

Dress code do tango

E lá fui eu pra Internet pesquisar sobre o assunto, pra não perder o costume. Logo encontrei este ótimo texto do Aguiar Buenos Aires  dando dicas sobre como funciona o dress code para visitar uma casa de tango. E foi aí que comecei a entender que a experiência seria profunda. Muito mais do que só “ir a um restaurante e ver um show de dança”. O tango é uma das mais apaixonadas expressões da cultura portenha. Um misto de músicas fortes, com letras que vão do “brega ao descornamento pastelão”, e que inclui passos de dança dificílimos. Mas que não se limita, e muito menos se resume a isso.

Ele é cheio de expressividade, de paixão, de entrega. O tango é um sentimento verdadeiro que transborda, tanto na música quanto no bailado. Comecei a entender isso enquanto lia. E, às vésperas da viagem, separei o terno mais fresco, já que teria de usá-lo no auge do calor do verão portenho.

Ansiedade, transfer, fila e aula de dança

Reunimo-nos no saguão do hotel. Com todo mundo na estica, fizemos algumas fotos da beca do pessoal para a posteridade, como esta aí de cima. Após alguma espera pelo ônibus da transfer, finalmente chegamos à Galeria Guemes, na calle Florida. Enfim, estávamos no lar do Piazzolla Tango. Tivemos de aguardar numa fila por cerca de 10 minutos até o pessoal organizar as mesas, reservas, quem senta aonde, e etc. Enquanto isso, os interessados foram convidados a juntar-se à aula de tango que estava acontecendo naquele exato momento no segundo andar.

Uma aulinha bem “pra turista” mesmo. Em inglês e espanhol, os professores – que também integram o corpo de dança da casa – explicam de um modo bem teatral e engraçado que o tango de verdade é bem diferente daquilo que se vê nos filmes de Hollywood.

 

Foto: Ale Horn

Finalizada a tentativa – com mais sucesso por parte da Kellen do que da minha, diga-se de passagem – descemos para o salão onde em breve seria servido o prato de entrada do jantar de três etapas. Só que eu não estava preparado para a imponência do lugar! Ao entrar, me deparei com um salão retrô à feição das óperas francesas, com camarotes, cortinas vermelhas… um luxo só!

O jantar

Ocupamos nossos lugares à mesa, defronte ao palco e em uma posição privilegiada para fotografar o espetáculo. Mas antes, às iguarias da noite! Que, aliás, foram regadas por um inesgotável assemblage de tannat, malbec e cabernet sauvignon da vinícola argentina San Felipe.

E, por sorte ou acaso, um de nossos passageiros, o Lucca – que estava sentado bem à nossa frente na mesa – é sommelier! E dali ele começou jorrar informação em uma aula informal sobre vinhos, uvas, fermentações e outros assuntos pertinentes à enologia… Da mesma forma que o delicioso San Felipe jorrava das garrafas, que mal terminávamos e um ágil garçom rapidamente repunha.

 

Foto: Ale Horn

 

Por fim, fomos avisados de que o espetáculo estava prestes a começar. Confesso: meus conhecimentos sobre alta gastronomia são, basicamente, nulos. Então, sobre o jantar só posso dizer que ele é super chique, daqueles que vem em coisinhas pequeninhas no prato. Amei o sei-lá-o-quê de chocolate que foi servido como sobremesa. Esperava mais do sei-lá-o-quê de frango com bacon que tinha vegetais demais e carne de menos, pro meu gosto. Encerrado o atendimento dos garçons, iniciava uma das experiências mais incríveis que já vivi: ver um autêntico espetáculo de tango com bailarinos profissionais em Buenos Aires!

Empieza el espectáculo en Piazzolla Tango

O show começa. Entram um grupo de homens, com ternos cujos cortes remetem à belle époque. Por precaução, já tinha pesquisado um pouco sobre a história do tango. Então, logo entendi que a apresentação se propunha a contar a evolução do tango desde o início. Aliás, você sabia que lá no início da coisa toda os homens dançavam tango entre si, e não em par com mulheres? Pois é, eu também fiquei surpreso com a informação. E lá estavam eles, um conjunto de homens, com trajes de época, dançando tango entre si… E tudo fez sentido!

 

Foto: Alexandre Bertolazi

Pela emoção, pelo vinho e pela soma dos fatores, levei um tempinho até me ligar que precisava ajustar a câmera. Trocar para uma lente mais clara, baixar o ISO e acertar a velocidade para uma luz aceitável. Neste meio tempo, as mulheres já haviam entrado em cena. A sequência da história do tango estava ali no palco, evoluindo diante dos olhos de uma plateia incrédula e maravilhada. E junto com ela, evoluíam também as referências da música e do figurino.

 

Foto: Alexandre Bertolazi

Um casal de cantores ultra expressivos assume o palco do Piazzolla Tango. Suas vozes, feições e postura exalam aquilo que blogs, livros e revistas de viagem costumam chamar de “paixão portenha”. Os músicos – dois acordeons, dois violinos, um cello e um maestro ao piano – fecham a cara e abrem sorrisos de acordo com a seriedade ou leveza das melodias que entonam.

 

Foto: Alexandre Bertolazi

E assim, em cada punho cerrado, em cada expressão de confiança, em cada passo acrobático, o espírito do tango está ali. Brega e chique. Forte e delicado. Sério e sorridente. Cheio de amor e sofrimento, como é o tango… Como é a vida! Muito obrigado a toda a equipe da casa Piazzolla Tango por esta noite inesquecível!

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar

Promoção de Lançamento: Avaliação Gratuita de Site

Relatório gratuito sobre a velocidade e SEO do seu site!

Receba seu report produzido por especialistas em até 7 dias úteis.