Conhecendo Buenos Aires: o Mercado del Progreso

Voltar
Autor: Alexandre Bertolazi Categoria: Conteúdo de Marca, Turismo Tags: Argentina, Bairros, Buenos Aires, Ferrocarril Oeste, Línea A, Mercado del Progreso, Multivibe, Subte

Tempo de Leitura: 3 min

Um mercado de bairro pode ser tão ou até mais interessante do que um centro comercial turístico badalado. Só depende, é claro, da intenção do Viajante e do que ele gosta de conhecer. No bairro Caballito, afastado do Centro,  fica um dos mercados gastronômicos mais tradicionais de Buenos Aires. É o Mercado del Progreso, que abriu suas portas em 1889, e oferece uma ampla gama de produtos. O espaço conta com bares, pizzarias, casas de vinho, açougues, padarias e frutos do mar.

São 17 lojas na rua e mais 174 bancas no interior, cobrindo uma superfície três vezes maior do que quando o mercado foi inaugurado. E, sem dúvida, ainda conserva muito do espírito do Mercado dos primeiros anos. Afinal, muitos dos que atendem lá hoje são descendentes dos primeiros donos a assentarem seus negócios no Mercado del Progreso.

Além da ampla oferta gastronômica, os visitantes ainda podem encontrar uma variedade de produtos que inclui itens tecnológicos, artesanato, pintura, decoração e vestuário. E tudo isso em um emblemático mercado com cobertura metálica, inspirada nos mercados de Paris do século XIX.

Inauguração do Trem Subterrâneo fomentou os negócios

No início do século XX, o Mercado del Progreso era um mercado de bairro, voltado às necessidades da comunidade local. Porém, em 1913 foi inaugurada a Linha A do metrô subterrâneo da cidade. Com uma estação quase defronte ao mercado o fluxo cresceu bastante, e o local entrou definitivamente na rota comercial da cidade.

Inauguração Linha A do Metro de buenos aires 1-12-1913 – Foto: Archivo General de la Nación

El Templo de Madera

Além do Mercado Progreso e das praças, o bairro Caballito abriga também o Estádio Arquitecto Ricardo Etcheverry, do Ferrocarril Oeste. É nada mais, nada menos do que o estádio de futebol mais antigo da Argentina, inaugurado em 1905. El Templo de Madera como era conhecido, após sucessivas reformas, hoje conta com espaço para um público de 27 mil pessoas. O clube verdolaga foi duas vezes campeão argentino (1982 e 1984) e hoje encontra-se na segunda divisão nacional.

Estadio Engenheiro Ricardo Etcheverry

Bondinho de Caballito

O Bondinho de Caballito – ou Tranvía Histórico de Caballito – é um dos poucos museus em movimento em atividade no mundo. Inaugurado em 1980, o “tranvía” circula pelo bairro com seus históricos vagões em finais de semana e feriados. O percurso de 2km termina no mesmo local em que começa: a esquina das ruas Emilio Mitre e Jose Bonifacio.

Durante o trajeto, o guia explica detalhes técnicos e históricos sobre este tipo de transporte, muito comum na primeira metade do século XX. Hoje, o bondinho é uma atração imperdível, gratuita e que percorre o bairro Caballito e o pitoresco Bairro Inglês, com suas casas de fachadas impecáveis.

Horários de Funcionamento:
Sábados e Feriados – 17h a 20h30min
Domingos – 10h a 13h e 17h a 20h30min

Tranvía Histórico de Caballito, ou apenas Bondinho de Caballito

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar

Promoção de Lançamento: Avaliação Gratuita de Site

Relatório gratuito sobre a velocidade e SEO do seu site!

Receba seu report produzido por especialistas em até 7 dias úteis.