Foo Fighters em Buenos Aires: minha primeira excursão internacional

Voltar
Autor: Kellen Barilli Categoria: Conteúdo de Marca, Turismo Tags: Buenos Aires, Foo Fighters, Quilmes Rock

Tempo de Leitura: 4 min

Como toda arte que liberta, a música sempre foi terapia pra mim. Em 2011, quando o Foo Fighters anunciou um documentário e disco novo, senti uma euforia adolescente carregada de boas memórias e imaginações de épocas que não vivi. O que eu não imaginava é que o Foo Fighters em Buenos Aires: minha primeira excursão.

Poxa! A banda que na adolescência fui moderadora de comunidade no Orkut (!) e me fez criar um fã clube – o Foo Fighters RS – voltou à ativa!

No Brasil, o lugar com show mais próximo da minha cidade, Porto Alegre, era em São Paulo no festival Lolapalooza. Então no momento da pesquisa levei em consideração o valor do ingresso + passagem + hospedagem (se fosse necessário).

Depois de muita pesquisa, descobri uma excursão que sairia do interior do RS (onde resido) pra Buenos Aires por um valor muito em conta, valia muito mais a pena ir num show fora do Brasil!

Sem contar que Buenos Aires é reconhecida por fazer os melhores shows de rock do mundo como mostra esse documentário aqui! Sabendo disto, parti pra a aventura que fez eu me apaixonar por turismo!

Foo Fighters no Quilmes Rock Festival – 04/04/2012. Foto: arquivo pessoal

Quando uma paixão te move, transforma

Inicialmente abri uma van com 12 lugares pra ir até a cidade mais próxima da rota desta excursão. Rapidamente ela se transformou em micro ônibus, e finalmente, em um ônibus de 2 andares lotado com 53 pessoas. Acabei sendo convidada pela proprietária da agência (Débora Reoly), para ser Monitora de Viagem.

A viagem foi animada pela cantoria dos fãs, que com o repertório do Foo Fighters na ponta da língua fez até os mais tímidos se soltarem cantando junto! Todos estavam ansiosos pra ver o show da volta do Foo Fighters depois de um grande hiato.

Entramos na cidade. Bandeira da Argentina pelo caminho, atmosfera de metrópole, cores, arquitetura, movimento, cara de cidade européia, jeito vanguardista… Buenos Aires encanta, e não é à toa que é a capital cultural da América Latina.

Além da sua beleza portenha, logo avistamos no caminho UM OUTDOOR DO FESTIVAL! “Caramba, a gente vai ver um show do Foo Fighters na Argentina!”.

Outdoor do show em Buenos Aires. Foto: arquivo pessoal

A tormenta de abril em Buenos Aires

O festival Quilmes Rock 2012 teve 2 dias de shows com os Foo Fighters como banda principal. Assisti o primeiro dia da arquibancada e o segundo na pista (campo), onde vivemos a experiência – que não se compara a nenhum banho de chuva da vida.

Choveu muito. E quando eu digo muito, eu falo sério. Muita chuva, muito vento, uma quantidade de água tão absurda que doía nas costas! Ouvi um “ai, tá doendo São Pedro!”.

A tensão começava a tomar conta do estádio. As pessoas olhavam aquela chuvarada com olhos arregalados, e o vento açoitava o palco e os equipamentos de som com rajadas água e fúria. Houve momentos em que o pessoal se entreolhava, num misto de medo, desconfiança, angústia, esperança. Tudo junto.

Será que o show corria algum risco de ser cancelado? Se isso acontecesse, o sonho de ver os Foo de perto já era…

A gente nem sonhava, mas la tormenta severa e estaria em todos noticiários argentinos no dia seguinte. 

Como é assistir um show de rock na Argentina

Os argentinos vão para os shows com a “alma futebolística”. Quando aquela tormenta foi passando pudemos ouvir hinos cantados em jogos de futebol adaptados com “Foo Fighters” no lugar do nome do time, como vocês podem ver aqui. Eles rapidamente tomaram conta de TODO O ESTÁDIO. Éramos “um time só”. E os arrepios, já não eram só de frio!

Quando os primeiros acordes começaram o público que já estava ensopado, cansado, dolorido e quase rouco, veio à explosão total. O telão focava o rosto de cada um; a banda observava perplexa. Quem estava cantando éramos nós! Fomos presenteados com quase TRÊS horas de um show que – literalmente – “foi de lavar a alma”.

Show do Foo Fighters em Buenos Aires – 04/04/2012. Foto: arquivo pessoal

 

Enquanto o público pulava muito, se via uma fumaça dançando pelo ar. Éramos nós, fãs ensopados, secando! Sim! Estávamos evaporando toda chuva da tormenta de tanto pular, como dá pra ver aquiNo dia seguinte, alguns músculos doloridos – e eu sem voz – mas as memórias de tudo que foi vivido ficarão guardadas pra sempre.

Shows de rock em geral são experiências renovadoras, mas viver e entrar no clima dos shows argentinos melhor nem tentar explicar! Me arrisco a dizer que é impossível ir num show na Argentina e não ser contagiado por essa energia…

E foi por causa dessa excursão que fui Monitora de Viagem pela primeira vez, e acabei sendo fisgada pelo sentimento maravilhoso de ver a felicidade nos olhos de quem realiza um sonho viajando.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar

Promoção de Lançamento: Avaliação Gratuita de Site

Relatório gratuito sobre a velocidade e SEO do seu site!

Receba seu report produzido por especialistas em até 7 dias úteis.